Softwares para Design Gráfico

por

Muitas vezes, vejo o designer gráfico iniciante ou amador adotar um “software de estimação”, ou seja, ele elege um software favorito, aquele que ele tem mais facilidade em trabalhar e faz todo tipo de projeto nele. Um exemplo: alguns designers adotam o Adobe Photoshop e então o utilizam para criar e desenhar logotipos, marcas, capas de livros, folhetos, ilustrações, gráficos… tudo. Como o software não foi desenvolvido para muitas dessas aplicações, há uma perda de produtividade e eficiência.

O ideal é sempre utilizar o software mais adequado para cada tipo de projeto em design gráfico. Podemos dividir esses softwares em três categorias básicas:

  • Softwares de desenho vetorial
  • Softwares de edição de imagem
  • Softwares de editoração

No quadro abaixo, separo esses três tipos de software, alguns exemplos de aplicações e mostro alguns produtos do mercado em cada categoria, inclusive opções gratuitas.

 

Tipos de softwares de design gráfico no mercado

 

No meu caso específico, eu utilizo a suite de produtos da Adobe. Como capista, sem dúvida nenhuma meu software principal é o de editoração — Adobe InDesign — o tipo mais indicado para projetos de livros. Mas também utilizo o Illustrator e Photoshop, mas cada um na sua função. Por exemplo: utilizo o Illustrator quando tenho que criar um selo de desenho mais complexo para aplicar na capa de livro. O photoshop, eu utilizo para criar montagens fotográficas, fundos ilustrados ou texturas que também serão utilizadas na capa. E, depois, junto tudo isso no InDesign para dar saída para impressão.

Sempre oriento meus alunos que eles não precisam conhecer ou dominar todos os softwares do mercado, mas precisam ter facilidade em trabalhar com, pelo menos, um software de cada tipo que mostramos: um software de desenho vetorial, um software de edição de imagens e um software de editoração.

Sucesso sempre, galera!

Você gosta de produção de livros e design editorial?

Então vai gostar dos conteúdo que tenho para entregar periodicamente para você: posts, vídeos, PDFs, e-books, webinares grátis, cursos, workshops e palestras! E, em breve, incluirei conteúdo sobre marketing editorial! Vem pra lista do Capista, vem! Após fazer seu cadastro, você vai receber, gratuitamente, o primeiro conteúdo: um guia rápido apresentando o processo profissional de criação de capas de livros em 5 passos! Briefing, Pesquisa, Ideia, Layout e Finalização.

Mais no Blog "O Capista":

As Melhores Capas de Livros

A Paste Magazine faz uma boa seleção periódica das melhores capas de livros. Ótimo material para estarmos atentos ao que acontece no mercado internacional.

Você de capa de livro nova!

Acompanhe a evolução dos layouts no processo de criação da capa do livro “Você de Emprego Novo!” da psicóloga e coach Taís Targa.

A Estrutura de uma Capa de Livro II

Saiba mais sobre a estrutura de conteúdo de uma capa de livro. Como é o titulo ideal? Qual o real papel do subtítulo? O que colocar na biografia do autor?

A Estrutura de uma Capa de Livro I

O que é quarta capa? Que largura deve ter a orelha do livro? Tire essas e outras dúvidas nesse artigo sobre a estrutura física de uma capa de livro!

Capas de Livros: 5 dicas para Autores

Para quem é autor independente e planeja lançar seu livro, juntei 5 dicas valiosas sobre o elemento mais importante da divulgação de sua obra: A CAPA DE LIVRO!

O Briefing Editorial

Um modelo de briefing para a criação de capas de livros com as informações mais relevantes para ajudar um designer editorial a atingir um ótimo resultado.

Rubens Lima

Designer gráfico com mais de 20 anos de experiência na criação de capas de livros para tradicionais editoras do mercado. Profissional com centenas de capas publicadas e, por três vezes jurado do Prêmio Jabuti — o mais importante prêmio do mercado editorial brasileiro — nas categorias capa de livro, projeto gráfico e ilustração. É professor de Design Editorial no curso de pós-graduação MBA Book Publishing e no curso EAD de Formação de Editores.
Conheça mais...