Livros: tamanhos e formatos mais comuns

por

Essa é uma pergunta recorrente de meus clientes, os autores independentes. Eles querem saber qual o tamanho ideal para seus livros. Então, vamos por partes.

Os formatos mais comuns utilizados no mercado brasileiro são:

  • 125 x 180 mm
  • 110 x 180 mm
  • 140 x 210 mm
  • 160 x 230 mm
  • 210 x 280 mm
  • 245 x 300 mm
  • 200 x 200 mm

Vejam abaixo a comparação entre esses formatos e suas proporções:

Livros: Formatos e tamanhos mais comuns

Formatos e tamanhos diferentes para diferentes soluções

Os tamanhos 110 x 180mm e 125 x 180 mm caracterizam o chamado “livro de bolso” ou “pocket”. Um tamanho que já teve muito preconceito no Brasil, até que a L&PM Editores popularizou e deu novo valor a esse formato no país. O livro de bolso tem suas vantagens não só para o transporte em bolsos e pequenas bolsas, como também a facilidade de leitura, sendo possível segurar o livro aberto com apenas uma das mãos. O custo menor de impressão é outro atrativo.

Os tamanhos 140 x 210 mm e 160 x 230 mm são os formatos mais comuns tanto para livros de ficção como para livros de não ficção. Na minha área de trabalho, o segmento de livros para desenvolvimento pessoal e profissional, mais de 90% dos livros são impressos nessas dimensões. A escolha entre esses dois formatos leva em conta algumas variáveis, como custo de impressão (que afeta o preço final do livro) e o número de páginas. Quando o livro tem um número de páginas muito elevado (500 páginas, por exemplo) muitas vezes vale a pena partir para um formato maior (160 x 230 mm) para reduzir esse número. O contrário também é verdadeiro. Alguns livros não atingem o número de páginas necessário para o leitor perceber seu valor. Um livro de apenas 120 páginas pode virar um livro mais parrudo e com mais presença no formato 140 x 210 mm do que em 160 x 230 mm. As vezes até o tipo e gramatura do papel (relação entre peso do papel e seu volume) entram nessa “equação”. A gráfica de sua escolha e o produtor gráfico podem ajudá-lo muito nessa decisão.

A opção pelos tamanhos 210 x 280 mm e 245 x 300 mm, além do número de páginas, tem muito a ver com o conteúdo. São formatos ideais para livros com muitas imagens: fotos, arte ou gráficos e diagramas mais técnicos. Em formatos menores, essas imagens ficariam com a visualização prejudicada. Por isso são usados para livros didáticos, universitários, livros de arte, arquitetura etc

Por fim, temos o formato 200 x 200 mm, um formato quadrado, muito usado — mas, não exclusivamente — para livros infantis de diversas faixas etárias. 

 

No Mercado Internacional

Como curiosidade — e para vocês compararem com nossos formatos — listo abaixo alguns tamanhos comuns de livros nos Estados Unidos e na Grã Bretanha:

 

EUA

4.25″ x 7.00″ 108 x 178 mm Pocket
8.00″ x 8.00″ 203 x 203 mm Infantil
5.50″ x 8.50″ 140 x 216 mm “Digest”: Romances, Memórias
6.00″ x 9.00″ 152 x 229 mm “US Trade” ou “Octavo”: Não ficção, Romances (capa dura)
8.00″ x 10.00″ 1203 x 254 mm US Manuais Técnicos e Guias
8.50″ x 11.00″ 216 x 280 mm Livros de Arte

 

GBR

111 x 178 mm A Format Pocket: Romances clássicos e auto-ajuda
129 x 198 mm B Format Formato básico para ficção
138 x 216 mm Demy Formato Alternativo usado para ficção
156 x 234 mm Royal Não ficção, Romances (capa dura)

Você gosta de produção de livros e design editorial?

Então vai gostar dos conteúdo que tenho para entregar periodicamente para você: posts, vídeos, PDFs, e-books, webinares grátis, cursos, workshops e palestras! E, em breve, incluirei conteúdo sobre marketing editorial! Vem pra lista do Capista, vem! Após fazer seu cadastro, você vai receber, gratuitamente, o primeiro conteúdo: um guia rápido apresentando o processo profissional de criação de capas de livros em 5 passos! Briefing, Pesquisa, Ideia, Layout e Finalização.

Mais no Blog "O Capista":

As Melhores Capas de Livros

A Paste Magazine faz uma boa seleção periódica das melhores capas de livros. Ótimo material para estarmos atentos ao que acontece no mercado internacional.

Você de capa de livro nova!

Acompanhe a evolução dos layouts no processo de criação da capa do livro “Você de Emprego Novo!” da psicóloga e coach Taís Targa.

Softwares para Design Gráfico

Muitos designers iniciantes se confundem quanto à função de cada software de design. Existem 3 tipos básicos de ferramentas para criação. Vamos conhecê-los?

A Estrutura de uma Capa de Livro II

Saiba mais sobre a estrutura de conteúdo de uma capa de livro. Como é o titulo ideal? Qual o real papel do subtítulo? O que colocar na biografia do autor?

A Estrutura de uma Capa de Livro I

O que é quarta capa? Que largura deve ter a orelha do livro? Tire essas e outras dúvidas nesse artigo sobre a estrutura física de uma capa de livro!

Rubens Lima

Designer gráfico com mais de 20 anos de experiência na criação de capas de livros para tradicionais editoras do mercado. Profissional com centenas de capas publicadas e, por três vezes jurado do Prêmio Jabuti — o mais importante prêmio do mercado editorial brasileiro — nas categorias capa de livro, projeto gráfico e ilustração. É professor de Design Editorial no curso de pós-graduação MBA Book Publishing e no curso EAD de Formação de Editores.
Conheça mais...