Como Produzir um Livro Profissional I

por

Hoje, a publicação independente é uma realidade. Bons autores ganharam um caminho para que suas ideias cheguem diretamente a seus leitores, sem a necessidade de passar pelo desanimador processo de aceitação ou aprovação de editoras.

O lado negativo é que, pela ansiedade e por não conhecerem muito bem o processo de produção editorial, os autores independentes muitas vezes atropelam etapas e acabam publicando livros com qualidade bem inferior ao potencial que seu conteúdo apresenta.

E isso se torna algo muito importante se este autor está escrevendo um livro para alavancar sua carreira profissional. Ou seja, se o autor pretende usar a publicação como ferramenta de marketing e divulgação de seu trabalho, um livro de má qualidade pode causar sérios danos à sua imagem e “o tiro sair pela culatra”. Afinal, nesse tipo de obra, a qualidade visual e textual de sua publicação representa sua própria imagem profissional no mercado.

Abaixo, procuro resumir as etapas de produção de um livro para professores, coaches, consultores, palestrantes e outros profissionais que desejam produzir um livro de forma independente para reforçar sua autoridade para seu público (clientes, colegas, investidores, alunos, seguidores, mentorados etc):

 

1. Leitura final

Texto pronto? Então, releia sua obra com muita atenção. Ao ler, tente se colocar no lugar do leitor que acabou de abrir seu livro.

Como estamos falando de livros que passam conhecimento aos leitores, cheque a facilidade de leitura de cada parágrafo. Seja simples e direto. Evite enrolações. Retire o supérfluo e elimine o que for repetitivo, redundante. Cheque se, a cada final de capítulo, está bem claro o benefício para o leitor, qual conhecimento ele vai aprender ou qual a mudança que irá transformar a vida pessoal ou profissional dele. Ajuste o que for preciso para seu texto ser claro e eficiente.

 

2. Preparação do original

Esta é uma das etapas mais importantes e decisivas para a qualidade final de seu livro. E, ironicamente, é justamente a etapa que muitos autores sequer conhecem. Se quiser levar seu livro realmente a sério e investir em sua própria carreira, esta etapa deve ser realizada por um profissional. É o preparador que vai ajudar seu texto a ter “cara de livro”.

O objetivo deste profissional é dar ao seu texto qualidade editorial e deixá-lo mais inteligível e fluido — sem descaraterizar o que você escreveu. Estão entre as tarefas do preparador: realizar a padronização de estilos (citações, itemização, legendas, sinais gráficos, itálicos, negritos, etc), organização do texto, ajustes de coesão e de coerência, ajustes de fluidez. Inclui também a correção de erros de ortografia e gramática.

Em minha opinião, esta etapa, sendo bem realizada, representa a grande diferença entre um livro de texto profissional e um livro totalmente amador, que não consegue inspirar credibilidade no leitor.

 

3. Capa de Livro

A capa é o principal elemento de toda divulgação comercial de seu livro. É a capa de seu livro que vai atrair a atenção de seu leitor nas prateleiras das livrarias físicas e nas páginas da Amazon. A qualidade da capa também vai antecipar a qualidade de seu conteúdo e representar visualmente sua própria imagem profissional para seu público.

Como sua capa irá apresentá-lo? De forma profissional, assertiva, competente, organizada? Ou bagunçada, amadora, confusa, imatura e sem foco? Por isso, cuidado, não arrisque: procure ajuda profissional. Quem cria capas de livros é um designer editorial que chamamos de capista.

No mercado, temos capistas profissionais para todos os bolsos: de 300,00 a 3.000,00. Este valor varia de acordo com a experiência, portfólio, formação, o número de capas publicadas e a relevância das editoras e autores que o designer já atendeu. São esses fatores que influenciam tanto o preço do serviço como o resultado, impacto e qualidade do produto final.

Para outras dicas específicas sobre capas de livros, leia esses artigos:
a) Capas de Livros: 5 Dicas para Autores
b) A Estrutura de Uma Capa de Livro II (estrutura de textos)

 

4. Projeto Gráfico e Diagramação

No passo anterior definimos a aparência da parte externa do livro, a sua “embalagem comercial”. Agora vamos focar no interior do livro, que chamamos de miolo. Enquanto a capa é um elemento de marketing focado em atrair e conquistar o leitor, a parte interna é puramente editorial.

O projeto gráfico do miolo é realizado por um designer editorial e tem três objetivos principais:

• dar legibilidade à sua obra, ou seja, dar ao leitor uma leitura agradável, natural e sem esforço.

• dar ao miolo identidade compatível com o segmento, tema e assunto do seu livro.

• fazer com que a parte interna tenha coerência visual com a linguagem da capa, tornando o livro um objeto único.

Nessa etapa, definimos a fonte a ser utilizada para o texto e títulos (hierarquia visual), os tamanhos das fontes, as margens da página, o tamanho da mancha de texto, os espaçamentos (entrelinhas, entre parágrafos), recuos, indentações, etc

Já a diagramação é justamente a aplicação deste projeto gráfico, destas definições, em todo o texto, em todas as páginas do livro. Esta diagramação pode ser realizada pelo mesmo designer que criou o projeto ou por um profissional específico, o diagramador. Para conhecer melhor as diferenças entre designer e diagramador, acesse o artigo O Papel do Designer Gráfico.

Para se criar um livro de qualidade profissional, não se usa um editor de texto como o Microsoft Word. Na verdade, para o projeto e diagramação do miolo da publicação é usado um software específico para editoração de livros. O mais utilizado no mercado editorial profissional é o Adobe InDesign.

Na segunda parte deste artigo — Como Produzir um Livro Profissional II — você conhecerá as outras etapas (ISBN e Ficha Catalográfica, Revisão e Impressão), além de um resumo visual do processo de produção de um livro (diagrama).

Você gosta de produção de livros e design editorial?

Então vai gostar dos conteúdo que tenho para entregar periodicamente para você: posts, vídeos, PDFs, e-books, webinares grátis, cursos, workshops e palestras! E, em breve, incluirei conteúdo sobre marketing editorial! Vem pra lista do Capista, vem! Após fazer seu cadastro, você vai receber, gratuitamente, o primeiro conteúdo: um guia rápido apresentando o processo profissional de criação de capas de livros em 5 passos! Briefing, Pesquisa, Ideia, Layout e Finalização.

Mais no Blog "O Capista":

As Melhores Capas de Livros

A Paste Magazine faz uma boa seleção periódica das melhores capas de livros. Ótimo material para estarmos atentos ao que acontece no mercado internacional.

Você de capa de livro nova!

Acompanhe a evolução dos layouts no processo de criação da capa do livro “Você de Emprego Novo!” da psicóloga e coach Taís Targa.

Softwares para Design Gráfico

Muitos designers iniciantes se confundem quanto à função de cada software de design. Existem 3 tipos básicos de ferramentas para criação. Vamos conhecê-los?

A Estrutura de uma Capa de Livro II

Saiba mais sobre a estrutura de conteúdo de uma capa de livro. Como é o titulo ideal? Qual o real papel do subtítulo? O que colocar na biografia do autor?

A Estrutura de uma Capa de Livro I

O que é quarta capa? Que largura deve ter a orelha do livro? Tire essas e outras dúvidas nesse artigo sobre a estrutura física de uma capa de livro!

Rubens Lima

Designer gráfico com mais de 20 anos de experiência na criação de capas de livros para tradicionais editoras do mercado. Profissional com centenas de capas publicadas e, por três vezes jurado do Prêmio Jabuti — o mais importante prêmio do mercado editorial brasileiro — nas categorias capa de livro, projeto gráfico e ilustração. É professor de Design Editorial no curso de pós-graduação MBA Book Publishing e no curso EAD de Formação de Editores.
Conheça mais...