Rubens Lima, designer gráfico editorial

Capas para coleções

por | 18 jul 2016

Confesso uma coisa para vocês: o tipo de projeto de capas de livro que mais gosto de fazer é, sem dúvida, design de capas para coleções ou séries de livros. O desafio em cada série/coleção é escolher/criar os elementos que as capas terão em comum (e que serão fixos, para o leitor compreender que os volumes fazem parte de uma mesma série) e os elementos que serão variáveis em cada volume (para o leitor entender que não é o mesmo livro — e sim volumes diferentes de uma mesma série).

Aqui algumas coleções de livros para os quais criei o padrão visual das capas:

O Capista - capas de livro para séries
O Capista - capas de livro para séries
O Capista - capas de livro para séries

A palavra chave de um projeto desses é: padrão. E a maior dificuldade que os designer gráficos editoriais encontram em um projeto de série é que as editoras têm dificuldade de entender que, além do padrão visual/gráfico, temos que ter também um padrão editorial. Sem compreender isso, é comum as editoras não manterem um padrão de estrutura e de texto para as capas de uma mesma coleção. Vamos explicar melhor.  Se temos um subtítulo e uma chamada na capa do primeiro volume da serie, o ideal é  manter um padrão editorial e ter um subtítulo e uma chamada em todos os volumes da coleção. Outro exemplo: se temos um texto de 2 parágrafos curtos na quarta capa, o ideal é que nos outros volumes a quantidade de texto na quarta capa seja mais ou menos equivalente.

Na prática, não é o que acontece — e o leitor perde aquela sensação de “familiaridade” que uma série deve causar. Este é mais um exemplo do que tento combater desde que criei este blog: a falta de comunicação e diálogo entre os profissionais responsáveis pelo conteúdo dos livros e os profissionais responsáveis pelo visual dos livros. Um tentando fazer uma coisa e o outro tentando fazer outra. Quando todos deviam estar caminhando para um objetivo comum. Nestes 20 anos de carreira, atesto que, na maioria das vezes, o problema é que nunca foi estabelecido um objetivo comum, uma estratégia para a publicação e é por isso, que cada um vai para um caminho.

Na mais recente coleção que fiz (“Saber Fazer Filosofia”, em três volumes, para a editora Ideias & Letras), já havia um bom padrão editorial entre os conteúdos das capas, o que facilita o trabalho de padronizar o visual para a série:

O Capista - capas de livro para séries

Gostou desta seção? Aprendeu algo com ela? Tem alguma dúvida?
Comente, pergunte, escreva para mim! Adoro sua participação e seus comentários!


Compartilhe esta página:

 
 
 
 

Blog “O Capista”

Blog sobre Design Gráfico Editorial e criação de Capas de Livros com artigos, dicas, projetos, novidades e um espaço de discussão sobre design gráfico editorial

Infelizmente, nesta nova roupagem do Blog (que existe desde 2010), os comentários originais dos posts foram perdidos — mas o espaço para opiniões, dúvidas, comentários permanece para vocês participarem! Sejam bem-vindos!

Siga O Capista onde preferir:

 
 
 
 

Parceiros:

 

Blog Editorial:

Consultoria de Vendas:

Assessoria de Imprensa e Editorial:

Estúdio de Ilustração: